Convite para assistir a avaliação para promoção à Classe de Professor Titular

O Diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasilia, tem a honra de convidá-Io para assistir a avaliação para promoção a Classe de Professor Titular da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília, a realizar-se no dia 18/05/2015 a partir das 8 horas, no Auditório da Pós-Graduação da Faculdade de Medicina.


Cabe informar que serão avaliados os Professores: Joel Paulo Russomano Veiga e Raimunda Nonata Ribeiro Sampaio

 

Download do convite aqui

Brasilia, 14 de maio de 2015


Paulo César de Jesus
Diretor
Faculdade de Medicina/UnB

Entre as melhores do Brasil

Com ótimas faculdades de medicina, o DF é referência em transplantes de rins -
com mais de mil já realizados o de córneas e o de coração estão em grande crescimento
 
por ALESSANDRA BRANDÃO ( O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. )
Redação - Jornal da Comunidade

            "Na época da sua inauguração, Brasília não tinha hospitais e os novos moradores tinham que viajar para conseguir tratamento, mas hoje tudo é muito diferente. Cinquenta e cinco anos depois, a cidade tem vários hospitais que atendem a população local e do Entorno. (...)
            Parte da complexa estrutura da saúde, a formação acadêmica não é tarefa fácil, mas no Distrito Federal, as instituições de ensino estão entre as melhores do país. A Universidade de Brasília (UnB) foi a primeira instituição a ministrar o curso, criado e reconhecido em 1965. Hoje, a UnB é considerada a melhor faculdade de medicina do Distrito Federal e está entre as dez melhores do país, com cinco estrelas, segundo avaliação do Ministério da Educação (MEC).(...)"

Leia a matéria completa publicada no Jornal da Comunidade -
edição de 18 a 24 /04/2015 Ano XXI, nº 1.377
Acesse aqui

Sobre o "trote" no Curso de Medicina

    Atos que banalizam a violência, que alimentam, fortalecem e aprofundam preconceitos, que envolvem humilhação dos pares, que vulgarizam e diminuem as mulheres e os homossexuais, que envolvem formação de grupos e "famílias", nos quais há pacto de silêncio não devem jamais constar das atitudes de estudantes que buscam tornar-se profissionais médicos e que devem ser estimulados a, desde o início da sua trajetória no curso de Medicina, rechaçar e fortemente combater essas atitudes e ações, que de fato, estão posicionadas no polo oposto às virtudes e qualidades éticas, humanas e sociais que necessitam obrigatoriamente ser cultuadas, experimentadas e vivenciadas por futuros médicos.

    A Direção da Faculdade de Medicina e a Coordenação de Graduação do curso de Medicina da Universidade de Brasília, conforme vem sempre sendo afirmado em diversas circunstâncias acadêmicas (inclusive na reunião de acolhimento dos calouros e de seus pais e responsáveis) não apoiam e são frontalmente contrárias às atividades denominadas de "trotes" ou qualquer outra forma de violência que envolva e submeta estudantes ingressantes ("calouros") ou quaisquer outros membros da comunidade acadêmica a ações que lhe atinjam a integridade física, moral ou psíquica, a tortura, a tratamento ou castigo cruel, desumano ou degradante, a constrangimento e a situações de discriminação de qualquer natureza em pleno alinhamento com as Diretrizes de Convivência Universitária aqui discutidas e aprovadas de forma ampla,  democrática e republicada pela comunidade acadêmica da UnB e presentes na Resolução do Conselho Universitário (Consuni) nº 1/2012. E comunica ainda, que tomará todas as providências cabíveis à suas alçadas administrativas e acadêmicas para que essas atividades sejam combatidas com medidas pedagógicas, educativas, com advertência e punições previstas na legislação pertinente à UnB, e que essas medidas e punições serão aplicadas aos responsáveis pelo trote.
    A Direção da FM reforça que aqueles estudantes ingressantes (ou quaisquer outros membros da comunidade acadêmica) não devem hesitar em procurar a Coordenação de Graduação (e-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  - Tel: 3107-1881) ou o Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Bem-Estar do Estudante de Medicina (NAPEM/UnB) [e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  - Tel: 3107-1883) sempre que algo lhes pareça desagradável ou venha a sentir-se de alguma forma ameaçados, humilhados, constrangidos ou agredidos em eventos chamados "trotes", para que as providências cabíveis e previstas em normatização da UnB venham a ser imediatamente tomadas.
    Informamos ainda, que esse assunto foi pautado e tratado na 3ª reunião ordinária do Colegiado de Graduação da Faculdade de Medicina, ocorrida ontem (dia 1º de abril de 2015), na qual vários membros presentes (docentes e estudantes) emitiram suas unânimes posições contrárias aos atos de violência, constrangimento, preconceito e humilhação que vem ocorrendo em "trotes" tanto em âmbito nacional quanto local e ficou deliberado que, em um primeiro movimento acadêmico, diversas atividades preventivas e educativas deverão ocorrer ao longo do corrente semestre letivo para esclarecimento e debate com os estudantes acerca desse assunto e de seus desdobramentos.
 
Prof. Dr. Paulo César de Jesus
Diretor
Faculdade de Medicina

.... Unidades Parceiras ....

.. Projetos  Estruturantes ..

 

....... Bases de Dados .......

 

............. Outros ...............

 

Faculdade de Medicina - Universidade de Brasília-UnB - Campus Universitário Darcy Ribeiro -  Asa Norte-Brasília-DF  Brasil - CEP: 70.910-900